• Document: pilar em implantodontia
  • Size: 735.51 KB
  • Uploaded: 2019-04-16 00:35:43
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

Conexões implante/pilar em implantodontia Implant/abutmentjoints in oral implantology REZENDE, Carlos Eduardo Edwards1; ALBARRACÍN, Max Laurent1; RUBO, José Henrique2; PEGORARO, Luiz Fernando3 1. Doutorando em Reabilitação Oral, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, SP, Brasil. 2. Professor Associado do Departamento de Prótese, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, SP, Brasil. 3. Professor Titular do Departamento de Prótese, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, SP, Brasil. Endereço para correspondência: Carlos Eduardo Edwards Rezende Faculdade de Odontologia de Bauru – USP Departamento de Prótese Alameda Octávio Pinheiro Brisola, 9-75 Vila Universitária 17012-901 – Bauru – São Paulo – Brasil E-mail: caerezende@gmail.com Recebido: 18/02/2015 Aceito: 30/04/2015 RESUMO O sucesso das reabilitações implanto-suportadas depende, entre outros fatores, da conguração da conexão entre o pilar e a plataforma do implante, uma vez que esta exerce inuência na estabilidade da prótese, na resistência mecânica do implante e dos componentes e, na manutenção dos tecidos peri-implantares. Diante de tais considerações, este trabalho de revisão da literatura cientíca tem como proposta apresentar e discutir as características e aplicações das diferentes conexões entre implante e pilar. Como considerações nais,não há um consenso claro na literatura cientíca sobre a conexão protética ideal, cabendo ao clínico conhecer os diferentes sistemas disponíveis e, avaliando as vantagens e limitações de cada tipo de conexão implante/pilar, deve basear-se em evidências cientícas e experiências clínicas, visando a indicação do implante adequado para cada caso. Palavras-chave: Implantes dentários. Prótese dentária xada por implante. Falha de restauração dentária. ABSTRACT The success of implant supported rehabilitation depends, among other factors, on the configuration of the implant/abutment joint, since this influences the stability of the prosthesis, the mechanical strength of the implant system and the maintenance of peri-implant tissues. Given these considerations, this literature review has the purpose to present and discuss the characteristics and applications of different connections between implant and abutment. As conclusion, there is no clear consensus in the literature on optimal prosthetic connection, leaving the clinician to know the different systems available and evaluating the advantages and limitations of each type of implant/abutment joint, which must be based on scientific evidence and clinical experience, aiming the indication of the proper implant for each case. Keywords: Dental implants. Dental prosthesis, implant-supported. Dental restorationfailure. 58 Innov Implant J, Biomater Esthet. 2014;9(2/3):58-64. ARTIGO DE REVISÃO Rezende CEE, Albarracín ML, Rubo JH, Pegoraro LF INTRODUÇÃO ou uma falta do alívioque diculta o assentamento do pilar. Outro fator que deve ser considerado para a estabilidade das juntas é a liberdade rotacional do pilar sobre o implante4,20. A principal responsável pela estabilidade da junção O sucesso clínico das próteses totais xas implanto- pilar/implante é uma força denominada de pré-carga, que é a suportadas, conhecidas como Protocolo de Brånemark, força de união entre as duas partes, decorrente do torque impulsionou o uso dos implantes osseointegráveis nas aplicado no parafuso do pilar17,21. Quando o torque é aplicado reabilitações orais, abrangendo outros tipos de prótese, no parafuso, este se alonga e, devido à elasticidade do como asPPFs, coroas unitárias e as overdentures sobre material do qual é confeccionado, tende a voltar a sua implantes3. Com a utilização desses tipos de próteses sobre dimensão original, aplicando uma força de união entre as os implantes ad modum Brånemark, algumas complicações partes que compõe a junta17. A estabilidade da junta clínicas passaram a ser percebidas, sendo as principais delas parafusada, por sua vez, pode ser inuenciada pela relacionadas com o afrouxamento do parafuso do pilar e do geometria da plataforma do implante e da conexão parafuso de ouro, a fratura do parafuso do pilar e a protética18. inamação dos tecidos peri-implantares14,29,50.

Recently converted files (publicly available):