• Document: Relações Étnico-Raciais no Brasil. Professor Guilherme Paiva
  • Size: 659.37 KB
  • Uploaded: 2019-05-17 20:40:00
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

Relações Étnico-Raciais no Brasil Professor Guilherme Paiva Unidade 1: Entender as relações étnico-raciais no Brasil através das legislações atuais • Questões iniciais: a invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras. • As Leis 10639/03 e 11645/08: O Ensino de História e Cultura dos Povos Indígenas e dos Afrodescendentes no Brasil. • Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena na Educação Básica. • Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais. • Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Quilombola na Educação Básica. Questões iniciais: A invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras UNIDADE 1 RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL PROF. GUILHERME PAIVA A invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras Invisibilidade de culturas subordinadas: • Como são representadas a cultura africana e a cultura indígena nos meios de comunicação, na história, ou nos livros didáticos? UNIDADE 1 • “Até que ponto as culturas oriundas dos grupos subordinados na sociedade, cujas contribuições não são consideradas como tradição e passado significativo” acabam sendo silenciadas e tornando- se invisíveis? (Silva, 2005, p.22). RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL PROF. GUILHERME PAIVA A invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras • “Os sujeitos dessas culturas são representados, em grande parte, nos meios de comunicação e materiais pedagógicos, sob forma estereotipada e caricatural, despossuídos de humanidade e cidadania” (Silva, 2005, p.22). • “No livro didático a humanidade e a cidadania, na UNIDADE 1 maioria das vezes, são representadas pelo homem branco e de classe média. A mulher, o negro, os povos indígenas, entre outros, são descritos pela cor da pele ou pelo gênero, para registrar sua existência” (Silva, 2005, p.22). RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL PROF. GUILHERME PAIVA A invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras • Invisibilidade, repressão de valores culturais e inferioridade: “A invisibilidade e o recalque dos valores históricos e culturais de um povo, bem como a inferiorização dos seus atributos adscritivos, através de estereótipos, UNIDADE 1 conduz esse povo, na maioria das vezes, a desenvolver comportamentos de auto-rejeição, resultando em rejeição e negação dos seus valores culturais e em preferência pela estética e valores culturais dos grupos sociais valorizados nas representações” (Silva, 2005, p.23). RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL PROF. GUILHERME PAIVA A invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras Ø Invisibilidade da cultura e construção de estereótipos. UNIDADE 1 Opinião simplificada Estereótipo sobre uma pessoa, classe ou grupo social. RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL PROF. GUILHERME PAIVA A invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras LIVRO DIDÁTICO “... pode ser um veículo de expansão de • Importância que estereótipos não lhe é atribuída UNIDADE 1 percebidos pelo • Caráter de verdade professor” (Silva, 2005, p.23) RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL PROF. GUILHERME PAIVA A invisibilidade do negro e do índio na história, na cultura e na sociedade brasileiras Representação Representação negativa do negro positiva do branco UNIDADE 1 Ø “...livro didático está expandindo a ideologia do branqueamento, que se alimenta das ideologias, das teorias e estereótipos de inf

Recently converted files (publicly available):